Skip to main content

As mulheres já chefiam mais da metade dos lares brasileiros. Atento a esta realidade, o poder público na cidade de São Paulo elegeu mulheres moradoras da Capital, que tenham sido vítimas de violência doméstica e se encontram em condição de vulnerabilidade social, para terem prioridade com o auxílio-aluguel. 

De acordo com a Lei Municipal 17.320/2020, são R$ 400 oferecidos como complementação de renda para despesa com moradia. O benefício é concedido por 12 meses, podendo ser renovado por mais um ano. 

O auxílio pode ser solicitado nas unidades de atendimento à mulher distribuídas por toda a cidade de São Paulo. Entre os espaços de acolhida para estas mulheres estão os Centros de Referência da Mulher, os Centros de Cidadania da Mulher, a Casa da Mulher Brasileira e os Postos Avançados de Apoio à Mulher nas Estações Luz e Santa Cecília do Metrô e no Terminal Rodoviário da SPTrans em Sacomã.

Educação

Descasque mais, desembrulhe menos

Prefeitura SPPrefeitura SP19 de fevereiro de 2024
Educação

De São Paulo para o mundo

Prefeitura SPPrefeitura SP15 de abril de 2024
Assistência Social

Reencontro com a dignidade

Prefeitura SPPrefeitura SP28 de março de 2024

Deixe seu comentário

Pular para o conteúdo