Skip to main content

São Paulo vem se fortalecendo cada vez mais quando o assunto é negócio. A Prefeitura criou atrativos como redução de ISS de 5% para 2% para atividades desenvolvidas por plataformas digitais, extinguiu taxas e está desenvolvendo projetos de incentivo para o audiovisual e a tecnologia. 

Motivadas por estes estímulos e pela segurança jurídica, 43 mil empresas transferiram sua sede para a cidade entre 2021 e 2023. Entre elas, a Alipy, Airbnb, Amazon, Facebook, Magalu, Nike, Nubank, PicPay, Shopee, TikTok, Via Varejo e VR Benefícios.

A capital foi destacada como a melhor cidade brasileira para empreender, conforme o Índice Women Entrepreneur Cities (WE Cities), um estudo que aponta as 55 cidades mais propícias ao empreendedorismo feminino. O estudo baseou-se em cinco pilares considerados componentes-chave do sucesso do empreendedorismo feminino: Talento, Capital, Cultura, Tecnologia e Mercado.

E, quando o assunto é inovação, a cidade de São Paulo também chama atenção. É na Capital que fica o único ecossistema da América Latina no Top 30 do Ranking Global de Startups, de acordo com o Global Startup Ecosystem Report (GSER).

Os números vêm crescendo ano a ano e foram impulsionados a partir da implementação dos novos incentivos. Além de fortalecer a economia da cidade, o conjunto de iniciativas tem garantido a geração de emprego e renda na cidade.

Para saber mais: 

https://www.capital.sp.gov.br/noticia/com-alto-grau-de-seguranca-juridica-43-mil-empresas-se-transferem-para-sao-paulo-outras-341-mil-foram-abertas-na-cidade

Emprego e Renda

Se liga! Tem trampo pra você

Prefeitura SPPrefeitura SP19 de fevereiro de 2024

Deixe seu comentário

Pular para o conteúdo